Esclarecimento: falta de repasse de medicamentos pelo Ministério da Saúde

 

A Prefeitura de Ibiúna, por meio da Secretaria de Saúde esclareceu que a falta de alguns medicamentos básicos e de alto custo, são de responsabilidade e fornecimento do Ministério da Saúde (MS). A problemática foi provisionada e manifestada através de e-mail da Coordenadoria de Assistência Farmacêutica – SES/SP – Situação de Abastecimentos das Farmácias de Medicamentos Especializados – emitida na última sexta-feira (14).

Os municípios estão sem previsão de abastecimentos fornecidos pelo Ministério da Saúde, sendo que muitos desses aguardam manifestação do órgão, outros não têm previsão ou as entregas parciais não tem data pré-estabelecida.

Tendo isso em vista, a Prefeitura de Ibiúna já está tomando providências a respeito dessa situação que o Estado se encontra, para que não haja danos ou calamidade pública para a população ibiunense, que necessita de tratamento farmacológico e que esteja imbuído nessa lista.

A lista de medicamentos em falta, que de se dá pela falta de fornecimento do MS e não é de responsabilidade da prefeitura, pode ser conferida na Farmácia Central, localizada na Av. São Sebastião, nº 369 – Centro, Ibiúna. No local há lista afixada informando sobre a falta dos itens.

Crise

O abastecimento por parte do governo federal passa por uma das piores crises: muitos medicamentos estão faltando, incluindo os de uso continuado. A situação é extremamente grave, porém, cada município tem ajustado para que os pacientes não sejam prejudicados. 

 

registrado em: ,