GCM de Ibiúna e PM recuperam carretas com centenas de TVs roubadas - 04-05-2018

Na manhã de quarta-feira (2), a Guarda Civil Municipal e a Polícia Militar recuperaram duas carretas com carga de televisão, que foram roubadas na Rodovia Anhanguera (SP) na terça-feira à noite.

De acordo com os guardas-civis, as duas carretas roubadas foram encontradas em bairros diferentes da zona rural, sendo que parte da carga foi encontrada escondida em um galpão no Piai, após os civis seguirem o rastro de galhos que os veículos derrubaram na estrada durante a fuga.

A guarda já tinha sido avisada do roubo pela central de rastreamento das carretas e conseguiu localizar toda a carga: mais de 1.496 televisões Panasonic de tela grande, avaliados em quase R$ 2 milhões.

Ambos os motoristas, foram rendidos em São Paulo e feitos de reféns dos ladrões, mas horas depois liberados, um na Marginal Tietê e outro em Cotia.

Ninguém foi preso na ação. Os criminosos são procurados e investigados pela Polícia Civil de Ibiúna.

 

Cargas recuperadas

Com as informações de que as carretas teriam vindo com destino à Ibiúna, guardas municipais e policiais militares iniciaram buscas para tentar localizar os produtos, bem como prender os criminosos. O primeiro caminhão foi encontrado pela PM no km 4 da Estrada Municipal Júlio Dal Fabro, altura do Recanto Primavera, o qual estava carregado com apenas 121 televisores, dos 700 que haviam nele.

Continuando as buscas, guardas municipais decidiram ir até o final do asfalto, onde já na estrada do Itaguapeva, no bairro dos Claudios, encontraram a outra carreta abandonada, que ainda estava carregada com 800 televisores.

Uma outra equipe da Guarda Municipal, em patrulhamento na região do Piai, conseguiu encontrar em um galpão, as margens do km 13 da Rod. Tancredo Neves, outros 575 televisores, além de dois bloqueadores de rastreador via satélite. No local ainda havia uma casa abandonada, onde os policiais acharam um celular e documentos.

Toda carga, bem como as carretas foram levadas para a Delegacia de Polícia de Ibiúna. A perícia foi acionada e colheu impressões digitais, bem outras pistas no galpão abandonado, a fim de identificar possíveis suspeitos do roubo. A carga, bem como as carretas foram devolvidos aos representantes da empresa responsável pelo transporte.

 

registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.