Educação forma mais de 100 educadores no Programa Ler e Escrever

 

No dia 24 de outubro, a Secretaria Municipal de Educação realizou o último encontro de formação continuada para diretores, coordenadores pedagógicos e professores dos 2° e 3° anos do Ensino Fundamental I. Foram 6 encontros de 4 horas presenciais e mais 6 horas de aplicação de atividades em sala de aula. O curso certificará os participantes em 30 horas e poderá ser usado como forma de evolução funcional acadêmica pelos envolvidos.

A formação teve como objetivo geral a implementação efetiva do material do Ler e Escrever em todas as escolas municipais e foi desenvolvido pelo Instituto Argento, que contratou duas professoras especialistas para ministrar os encontros presenciais. Era também objetivo específico dos encontros discutir e apresentar instrumentos eficazes para a alfabetização dos alunos e o incentivo amplo na leitura e na escrita nos anos iniciais. Inclusive, uma das especialistas contratadas, fez parte da equipe titular da Secretaria Estadual de Educação que elaborou todo o material do Ler e Escrever para o Estado de São Paulo.

A formação atual dos educadores vem de um longo contrato do município com a Associação Parceiros da Educação que, em meados de 2008, se dedicou ao trabalho pedagógico nas escolas estaduais de Ibiúna. Inicialmente, a Parceiros contemplou as Escolas Estaduais Frederico Marcicano e Profa. Lurdes Penna Carmelo com projetos de recuperação, formação e ajuda na infraestrutura. Posteriormente, as Escolas Municipais dos bairros do Paruru, Piratuba, Ressaca e Colégio foram incluídas no projeto de formação continuada, esportes e recuperação de alunos. No ano de 2013, as demais escolas municipais começaram a ter formações continuadas e em 2017 a atual gestão renovou a parceria para atender pedagogicamente os docentes de toda a rede municipal de ensino.

“O objetivo do programa é de proporcionar a aprendizagem da leitura e da escrita para todos os estudantes inseridos no Ensino Fundamental I, do 1º ao 5º ano. Além disso, o projeto incluiu formação, acompanhamento, elaboração e distribuição de materiais pedagógicos com meta de promover a melhoria na qualidade de toda a Rede Municipal de Ensino”, destacou o prefeito João Mello, ressaltando que programas como esses têm todo apoio da sua gestão.

No final do mês de novembro, a Secretaria de Educação fará mais um encontro de professores, onde os cursistas que participaram da formação apresentarão boas práticas desenvolvidas em suas salas de aulas. O evento visa disseminar amplamente metodologias e didáticas que deram certo no ano letivo de 2018 e será feito pelo 6° ano consecutivo no município de Ibiúna.

“Quando há vontade política, apoio do gestor de Educação e engajamento da equipe da Secretaria de Educação, o resultado naturalmente aparece, seja nas avaliações externas como no IDEB e IDESP, seja naquilo que nós mais acreditamos, alunos alfabetizados no 3° ano do Ensino Fundamental I”, afirmou o gestor de Projetos de Ibiúna e Região, Marcus Vinicius Garcia Triveloni.

Ao final da formação continuada desse ano, foram 110 educadores formados, sendo 76 professores e 34 gestores, com média de 92% de presença e 90% de tarefas aplicadas e entregues. A Secretaria Municipal de Educação agradece o desempenho de todos os envolvidos e já está trabalhando para a continuidade da parceria em 2019.

 

 

registrado em: ,