CDHU Jemima: Prefeitura auxilia na mudança de 188 famílias do Jardim Nova Ibiúna e antigo Lixão

 

 

Durante toda a semana passada e começo desta, a mudança de 188 famílias do Jardim Nova Ibiúna, o antigo Lixão e famílias que vivem em situação de risco, está sendo feita pela Prefeitura com apoio da Defesa Civil, das Secretarias de Obras, Meio Ambiente, Guarda Civil Municipal e Assistência Social, que participam da ação auxiliando na remoção das famílias rumo às suas novas moradias, no Conjunto Habitacional “Joaquim José da Silva Ferreira”, no bairro Jardim Jemima.

 

As casas foram destinadas a famílias oriundas de áreas de risco, que foram cadastradas e indicadas pelo município. Todas as 188 famílias que receberam as chaves dos imóveis têm renda de até três salários mínimos, e de acordo com a Secretaria de Habitação, foram realizadas reuniões prévias para esclarecimentos e também para o agendamento da mudança, sempre com a participação da Prefeitura.

 

Para o prefeito de Ibiúna, João Mello, foi um dia muito importante a entrega dessas tão sonhadas moradias. Ressaltou o seu comprometimento com a população que aguardava pelas casas há mais de 10 anos, e que no começo da sua gestão buscou pela retomada da obra junto à CDHU e governo do Estado.

 

“Desde 2004, as famílias aguardavam pela entrega das moradias. Trabalhamos muito e nos dedicamos para entregar essas casas”, destaca o prefeito João Mello.

 

Após a desocupação total da área do Jardim Nova Ibiúna, o local receberá placas de identificação como área pública. Os barracos existentes nas áreas de risco estão sendo demolidos e a Prefeitura tem monitorado para evitar novas ocupações.

 

A Secretaria de Obras já trabalha com um projeto de revitalização para a área, onde será implantado um espaço de lazer.

 

As unidades foram entregues pela Prefeitura e pelo Governo do Estado, através da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), no último dia 23 de março.

 

Situação dos cães e gatos

Outro problema enfrentado com a remoção das famílias, é que estavam deixando para trás seus animais de estimação como cães e gatos. A prefeitura acionou o setor de Zoonoses, que tem auxiliado e orientado os moradores para que cada um leve seu animal para à nova moradia, além disso, o setor fará o cadastro desses aninais e uma campanha no conjunto habitacional do Jemima para castração dos cães e gatos.

registrado em: ,